A música está cada vez mais previsível

RETIRADO DO SITE O Globo

-x-x-x-x-x-x-x-x-

A música está cada vez mais previsível

De O Globo

Pesquisa mostra que composições das décadas mais recentes tendem a se parecer mais umas com as outras do que no passado

A época dourada da música é passado. O Conselho Superior de Pesquisas Científicas (CSIC) confirma esta afirmação. O trabalho, que analisou 464.411 canções, concluiu que as composições criadas nas décadas mais recentes tendem a se parecer mais umas com as outras do que as de tempos mais antigos. A análise foi publicada na última edição da revista “Scientific Reports”. Segundo os parâmetros analisados, as transições entre os grupos de notas diminuíram de forma contínua durante os últimos 55 anos.
— Estes parâmetros musicais nas canções são como palavras de um texto, e observamos que cada vez há menos palavras diferentes — explica o pesquisador do Instituto de Pesquisa e Inteligência Artificial da CSIC, Joan Serrà, responsável pelo trabalho.

Continuar lendo

UNIRIO promove recital de Música Antiga

RETIRADO DO site da UniRio

-x-x-x-x-x-x-x-

UNIRIO promove recital de Música Antiga – 11/02

No dia 11 de fevereiro, a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) recebe o músico brasileiro Vinícius de Freitas Perez para um recital de alaúde renascentista e arciliuto, instrumentos de corda utilizados na execução de Música Antiga. O programa inclui composições do inglês John Dowland (1563-1626), autor de obras como “Lachrimae Pavan”, e do italiano Giovanni Zamboni, compositor barroco do século XVIII. O evento acontece às 17h, na Sala Alberto Nepomuceno, localizada no Centro de Letras e Artes (CLA) da UNIRIO (Av. Pasteur, 436, fundos, Praia Vermelha).

Continuar lendo