A construção da história pessoal

RETIRADO DO SITE Agência FAPESP

-x-x-x-x-x-x-x-

Estudo de pesquisadora da PUC-SP apresenta fundamento filosófico do método terapêutico-educativo. Autora emprega método tanto em sessões individuais de aconselhamento como em reuniões de grupo (Tree of Life/divulgação)

A construção da história pessoal

08/11/2012

Por José Tadeu Arantes

Agência FAPESP – “Quem sou eu? Qual o sentido da existência? Que papel eu desempenho nela?” Premidas pelas urgências da vida prática, ou fascinadas pelas distrações que o mundo oferece, as pessoas costumam colocar essas perguntas de lado em seu atarefado dia a dia. Simplesmente as descartam ou adiam, à espera de um “depois” que, muitas vezes, nunca chega.

Continuar lendo

A angústia, o nada e a morte em Heidegger

RETIRADO DO site SciELO

A angústia, o nada e a morte em Heidegger (PDF)

Anguish, nothingness and death in Heidegger

Marco Aurélio Werle1


RESUMO

O artigo investiga a relação entre os conceitos de medo, angústia, nada e morte na filosofia da existência de Heidegger. Pretende-se apontar para o papel destes fenômenos existenciais na passagem do ser-aí desde a inautenticidade para a autenticidade de seu ser.

Palavras-chave: Heidegger; existencialismo; filosofia; ética.


ABSTRACT

This paper investigates the relationship between the concepts of fear, anguish, nothingness and death in Heidegger’s philosophy of existence. It points to the role of these existential phenomena in the transformation of “Dasein”, from the inauthenticity to the authenticity of its Being.

Keywords: Heidegger; existentialism; philosophy; ethics.


Continuar lendo