O que faz um edifício ser belo?

RETIRADO DO SITE Resenhas Online

O que faz um edifício ser belo?

Fábio Duarte

  • The Gates, instalação de Christo e Jeanne-Claude no Central Park<br />Foto de Foto Wolfgang  [http://christojeanneclaude.net/tg.html]]
The Gates, instalação de Christo e Jeanne-Claude no Central Park
Foto de Foto Wolfgang [http://christojeanneclaude.net/tg.html]]

O que faz um edifício ser belo? Esta é a pergunta que guia o livro Arquitetura e Filosofia, de Mauricio Puls, recém-lançado pela editora Annablume. É uma pergunta espinhosa, propensa aos subjetivismos simplistas do “gosto não se discute”. Ainda mais se partirmos da afirmação do historiador Giulio Carlo Argan de na cidade “todos os edifícios, sem exclusão de nenhum, são representativos e, com freqüência, representam as más formações, as contradições, as vergonhas da comunidade” (1).

Continuar lendo

A cidade perversa e o esgotamento do prazer

O TEXTO ABAIXO, aqui apenas relacionado, foi encontrado no site da revista E-Metropolis

A cidade perversa e o esgotamento do prazer (PDF apenas do artigo em questão)

Neste ensaio a filósofa Olgária Matos estabelece um panorama das transformações na sociabilidade ocasionadas pelo estabelecimento do dinheiro como ideal de toda a civilização, com a consequente preponderância dos aspectos materiais sobre quaisquer outros na constituição dos laços sociais. Apresentado durante o seminário “Simmel: a vida mental na metrópole contemporânea”, o trabalho de Olgária é um dos destaques da sétima edição da revista eletrônica e-metropolis, publicação trimestral editada por alunos de pós-graduação de programas vinculados ao INCT Observatório das Metrópoles.